Por Onde Andei

Os monstros deram um tempo. Assim que cansei de me preocupar, segundos depois que o desespero deu lugar a uma risada mais alta e libertadora, percebi que podia baixar a lamina da espada por alguns instantes e aproveitar a colheita. Porque é digno de todo bom romance aquele momento de calmaria que precede o clímax. Algo como: “Peraí, peraí… Vamos respirar um pouco e recapitular a história até aqui”. – E acho saudável perceber esse momento e se dedicar a reclusão, seja ela intelectual, espiritual, o que for.

Hoje durmo mais tranqüilo na maioria das noites sabendo que a instabilidade pode ser controlada. Que a paixão pode ser priorizada a qualquer momento e que o mistério faz todo o sentido no fim das contas.

E é este sentimento que quero dividir com você neste fim de férias do 3v14. Estamos de volta. E estamos melhores.

Tamo junto?

Beijos e abraços.

Pedro Ivo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s