Vou estar no Pixel Show!

Olha só que notícia legal! Dia 11 de Novembro vou palestrar no Pixel Show, o maior evento de criatividade da América Latina, organizado pela Revista Zupi. Chique às pampas, né? Vou falar um pouco sobre a influência da cultura dos super-heróis na minha carreira. Perrengues, conquistas, tudo... Olha só que descritivo bonito que fizeram. 🙂

Anúncios

O2 Filmes adquire os direitos do livro O Cidadão Incomum para as telas

  A O2 Filmes adquiriu os direitos do livro O Cidadão Incomum, escrito por Pedro Ivo e publicado pela Editora Conrad em 2016. A obra conta a história de Caliel, um jovem artista de São Paulo que, ao ganhar poderes impossíveis, decide se tornar um super-herói no mundo real. “Após um ano de conversas, chegamos... Continuar Lendo →

Ilustração – UOTEL

Pensa num job delícia de fazer. Fiz as ilustrações para o novo site do Uotel, que é uma mão na roda para quem precisa se hospedar com rapidez e facilidade.

O que motiva um bom vilão?

No geral, tendo a preferir os heróis. Me identifico mais com histórias onde o cara precisa abrir mão de si para lutar pelo que é correto e bom. Mas, assim como a maioria de vocês, também fico de queixo caído quando um bom e aterrorizante vilão rouba a cena. Mas cês já pararam pra pensar... Continuar Lendo →

Heróis e o problema da responsabilidade

Toda boa história de super-herói evoca uma pergunta que, mesmo formulada de diversas formas, é sempre a mesma: Você está pronto para fazer do mundo um lugar melhor ou isso é responsabilidade de outra pessoa, no caso aqui, um herói mascarado? Para pra pensar. Se as pessoas comuns fizessem o que deveriam fazer, a ideia de um super-herói simplesmente... Continuar Lendo →

Para que servem os super-heróis?

As histórias de super-heróis podem parecer triviais e previsíveis aos olhos de quem só busca um entretenimento de qualidade. Mas se prestarmos mais atenção, é possível que encontremos doses cavalares de problemas filosóficos bastante pertinentes, além de profundas críticas ao modo como nos relacionamos. Pense bem. Em um universo onde eventualmente – e de inúmeras... Continuar Lendo →

Demolidor e a Religião

Demolidor foi oficialmente criado por Stan Lee e Bill Everetty, e teve sua estreia nos quadrinhos em 1964. Mas foi quando o lendário Frank Miller colocou as mãos no sujeito, é que a coisa engrenou. De lá pra cá, o herói ganhou um filme bastante esquecível, tem duas temporadas completas na Netflix (a terceira já está a caminho)... Continuar Lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: